INSTAGRAM DESATIVA PERFIL DE ONG QUE TATUA MULHERES MASTECTOMIZADAS

No último fim de semana o Instagram excluiu a página Pink Ink Fund, de uma ONG norte-americana que oferece tatuagens a mulheres que foram submetidas à mastectomia. Após receber inúmeras críticas dos internautas, a rede social reativou o perfil na manhã desta terça-feira (17) e pediu desculpas pelo erro.

Em entrevista ao ‘BuzzFeed‘, a administradora da conta, Amy Black, disse que sempre teve cuidado com as fotos compartilhadas, buscando ressaltar que a pessoa na imagem é uma sobrevivente do câncer de mama ou que a tatuagem foi feita após a mastectomia.

Logo depois da desativação da página, Black respondeu ao Instagram que aquilo era um erro e apresentou um relatório com a justificativa. No entanto, a rede social enviou um e-mail afirmando que não iria reativar a conta por conter “conteúdo sexualmente sugestivo e nudez”.

A ONG tem como voluntários cirurgiões plásticos e artistas que oferecem tatuagens a sobreviventes do câncer de mama ou mulheres que fizeram a mastectomia preventiva.