CABELINHOS PÓS QUIMIO

Como nasceram os seus cabelinhos? Meu cabelo nasceu como uma penugem, loirinho e pra cima; era tão macio e cheio de falhas – perto da orelha demorou muito a crescer, mas não usei nenhum shampoo especial para crescer mais rápido nem raspei os primeiros fios para nascer mais forte. 30 dias depois da última químio vermelha os cabelos começaram a crescer, mas aí vieram as quimios brancas e nada do cabelo nascer direito… Mas assim que as brancas terminaram meu cabelo criou uma força! E toda a cabeça foi preenchida e eu sabia, que tudo estava bem!

A maioria das Cats me falam que o cabelo nasce crespinho, o meu nasceu doido – eu aprendi a escovar pra frente e ele se comportava, mas não chegava a ser bem crespinho. Lembro que o cabelo do Gianecchini também estava crespo, mas logo voltou ao normal; mas eu sei de casos que ficam encaracolados para sempre, tem casos que a cor muda… O meu nasceu loirinho tipo uma calopsita mas hoje está bem escuro, e sem brancos como eu pensava que ficariam. Então, cada caso é um caso.
Assim que acabaram as minhas quimios brancas meu medico já deixou eu pintar os cabelos; ainda bem, porque fui parar no programa Super Bonita da GNT com Fernando Torquatto e eu topei platinar meus cabelinhos recém nascidos. Então, pode pintar. Eu curti tanto a minha loirice!!!

Assim que eu tive cabelo grande o suficiente para receber uma chapinha comecei com a progressiva, sem formol. Era mais uma super hidratação, cauterização, que domava os fios, já que sou adepta a franjinha, era mais fácil de arrumar com ele liso. Meu medico, 30 dias depois da última químio disse: Vida normal!  Pode pintar, alisar, depilar – isso é chato, mas a vida volta ao normal mesmo, temos que depilar uma hora.

Hoje eu não faço mais nada, nem pinto, nem aliso.