COM “AMIGAS DO PEITO” VANESSA VOLTA A CORRER APÓS SUPERAR CÂNCER

Na Wine Run, em Bento Gonçalves-RS, um grupo se destacou pela solidariedade. Com camisetas vermelhas e o nome “Amigas do Peito” estampado ao lado da hashtag #RunForVan, as meninas de São Paulo celebraram a recuperação de uma delas. Diagnosticada com câncer de mama em novembro do ano passado, a administradora Vanessa Biazzo, de 43 anos, passou por uma mastectomia completa e retornou aos treinos há apenas um mês. A prova pelo bucólico Vale dos Vinhedos e o fim de semana de suor, choro e sorriso vai ficar na memória dela.

– Falei para elas do meu problema após um treino. As meninas vieram com a ideia de disputar uma corrida depois que tudo isso passasse. Eu não acreditava que daria certo, mas elas acreditaram e muito. Fizeram a inscrição e, com todo carinho, inventaram as camisetas para marcar o momento. Agora, nós estamos aqui para comemorar – disse Vanessa.

A administradora descobriu o câncer num exame de rotina anual e que ainda estava em estágio inicial. Para ela, a corrida e a boa aptidão física a ajudou nessa fase complicada.

– Tive que fazer a mastectomia completa e não precisei de quimioterapia. Ser atleta, correr há mais de 20 anos e estar bem preparada fisicamente fez minha recuperação ser boa e rápida. Em um mês voltei a caminhar e correr e fui liberada pelo médico. Elas terem me chamado para a viagem me empolgou para treinar e me estimular a voltar num bom ritmo. O que eu mais quero é retornar para as meias maratonas – disse.

As amigas se dividiram em duplas para a corrida de 21km em meio ao lindo percurso pelas vinícolas da Serra Gaúcha. Durante e depois da prova, a emoção tomou conta de todas elas.

– Incrível estar aqui. Além da corrida e a parceria da amizade, existe o fator emocional para fazer parte dessa recuperação. Somos 12 meninas que correm e treinam há 10 anos. Viajar é ótimo para conhecer novos lugares e ter novas experiências, desbravando novas cidades – Anna Palhares.

“Estou emocionada de voltar a completar uma prova após tudo o que passei e ainda mais ao lado das minhas amigas que tanto me deram apoio”

Segurar as lágrimas foi difícil para a amiga Daniela Mendes, que destacou a união do grupo durante todo esse processo nos últimos meses.

– Quando ela nos contou foi uma surpresa. Ficamos tristes, é claro, mas decidimos passar energia positiva. Queríamos dar força e torcer para a recuperação completa. Isso a motivou bastante e foi importante. Nós já choramos juntas e é uma alegria imensa para nosso grupo – afirmou.

Na linha de chegada da prova, as meninas que já haviam completado o percurso fizeram questão de dar um abraço coletivo na guerreira Vanessa. Afinal de contas, tudo o que haviam planejado aconteceu da melhor forma possível.

– Foi tudo perfeito, como imaginei. Um percurso lindo, com subidas pesadas, mas deu tudo certo. Só tenha a agradecer – encerrou.

Fonte: Globo Esporte