TCHAU, ESTOU INDO MALHAR!

Na internet, televisão, revista ou jornal tem sempre algo dizendo o quanto exercício físico faz bem para saúde e o quanto é importante malhar. Isso não é nenhuma novidade, certo?

Vou contar um pouco do meu caso para vocês: eu gosto de malhar. E acredito que todo mundo possa gostar, se achar o tipo de exercício certo. Eu sou bem eclética: gosto de pilates, de academia, de bicicleta, de nadar… São tantas opções que você pode fazer e que ajuda seu corpo! Já experimentei várias coisas! Quando eu estou em São Paulo frequento academia, quando estou em Floripa consigo variar: faço bike, hidroginástica com minha mãe, caminho bastante, pratico Standup e gosto de trilhas.

Mas nem sempre foi assim. Antes do câncer eu não tinha esse hábito, não cuidava muito de mim. Durante as quimios não tinha muita disposição – ainda mais porque não tinha o hábito de me exercitar, mas assim que eu percebi que precisava perder aqueles quilinhos que a gente ganha durante o processo, tratei de me mexer. Fora que o meu oncologista disse que eu precisava manter o meu peso e força para me manter saudável daqui pra frente. Então comecei a fazer exercícios. Mas quando eu estava fazendo radioterapia, eu parei por indicação médica. Depois que retornei, fui aos pouquinhos. Esse ano coloquei o silicone e durante a recuperação da cirurgia também fiquei paradinha. E agora estou voltando aos poucos.

Para que eu faça todos os movimentos certos e não prejudique minha saúde, faço com acompanhamento de um profissional: o instrutor Marcelo Braz da First Academia. Ele formulou meus treinos e me ajuda a executá-los. Confesso que às vezes estou tão cansada que quero fugir dele, mas isso é só às vezes. Ele é um super profissional que tem me ajudado muito!

Antes do treino tem preparação: uma boa alimentação (nada muito pesado, nada gorduroso) e um look próprio para treino (nada de colocar calça jeans para ir na academia!). Meus circuitos foram feitos sem muito exercícios aeróbicos. Primeiro alongo, depois coloco o corpo para trabalhar: tem dias que treino partes superiores, outros inferiores, e às vezes é misto. O ideal é que você converse com seu médico e com seu instrutor e monte um treino também!

Aqui você pode ver um vídeo do treino da atleta Andressa Bueno Godoy com o Marcelo Braz:

Posso dizer que eu não carrego tanto peso assim, mas também fico suada depois de tudo. Por isso, me hidrato bastante antes, durante e depois! Hoje sei que isso me faz um bem danado: eu me sinto mais disposta, me sinto mais leve. Sem contar que autoestima sobe também, fico bem mais confiante!! Por isso a academia está na minha rotina.

E vocês? Fazem que tipo de exercício?