ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL, UMA ALIADA AO TRATAMENTO DE CÂNCER

Independente do tipo do câncer, o tratamento é sempre delicado. Isso porque os pacientes ficam debilitados não somente por conta do esforço exigido pelo organismo para reagir à doença e aos tratamentos, mas também pela própria imunidade do organismo, que fica baixa e suscetível a infecções.
Para combater estes sintomas e evitar outras doenças, inclusive, muitos oncologistas indicam um tratamento multidisciplinar, que inclui, por exemplo, o acompanhamento do especialista em Nutrição.
Nos casos em que faz parte do tratamento a quimioterapia, a Nutrição auxilia os pacientes com efeitos colaterais como mucosite, esofagite, diarreia, obstipação, nauseas, vômitos, alteração de paladar, saliva espessa e viscosa, boca seca e aumento de peso em alguns casos.
Uma boa alimentação é fundamental durante o tratamento oncológico, pois ajuda o paciente a se sentir melhor, manter um peso adequado e passar pela quimioterapia, radioterapia, cirurgia ou pela combinação destas terapias da melhor forma possível.
Para ter uma dieta saudável e equilibrada, você precisa comer uma grande variedade de alimentos ricos em nutrientes.A melhor coisa é escolher alimentos ricos em nutrientes de todos os grupos alimentares. Escolha alimentos como legumes, frutas, cereais integrais, carnes magras e peixes. Outra opção são os orgânicos, que não possuem pesticidas, hormônios e antibióticos.Você vai perceber que os alimentos frescos oferecem mais nutrientes e menos açúcar do que os alimentos processados.
Muitas pessoas acreditam que comer menos calorias do que se queima a cada dia vai perder peso, e se você comer o mesmo número de calorias que você queima, irá manter o peso. Porém, isso não funciona para todas as pessoas.Se você está contando calorias, é importante, também, ver o que você está comendo. Se você comer 1200 calorias de bolo, biscoitos e pães brancos, provavelmente não irá perder peso. Já se comer 1200 calorias de frutas, legumes e proteínas magras, provavelmente irá perder peso, além de obter muito mais nutrientes. Contar calorias é apenas uma parte de todo o processo.
Converse com um nutricionista sobre a melhor maneira de perder ou aumentar peso, de acordo com suas metas e seu metabolismo.
Aqui damos algumas dicas para e modificações na alimentação que podem ajudar a enfrentar estes problemas:

  • Faça as refeições em um ambiente agradável, calmo, procurando mastigar bem os alimentos
  • Procure fazer pequenas refeições durante o dia mais frequentemente, ao invés de 2 ou 3 refeições.
  • Não tenha medo de experimentar novos alimentos ou alimentos que não costumava comer, pois o paladar pode modificar durante o tratamento
  • Peça ajuda de amigos e familiares para comprar e preparar os alimentos.

Fonte:(Portal Oncoguia)