Dois Anos do meu Diagnóstico por Dra. Fabíola La Torre

?
❤

Cats,  se passaram dois anos desde o diagnóstico nossa Cat Master Dra. Fabíola La Torre e ela fez um texto comparando as fases que passou nessa jornada. Vale a pena conferir! 

Dois anos do meu diagnóstico
Câncer. Aquele nome que não deve ser pronunciado. Mais terrível que “Voldemort” é palavra que você nunca espera nunca ouvir. Sim, aconteceu comigo. Aconteceu com minha tia, minha amiga, com meu paciente. E pode acontecer com você. Eu encontrei um nódulo no meu peito D em 2016, durante o autoexame. No meu íntimo, eu sempre soube o que eu estava prestes a enfrentar. Recebi um diagnóstico oficial em junho de 2016: carcinoma ductal invasivo sem comprometimento de linfonodo e fiz o tratamento com quimioterapia de 16 ciclos, rádio e quadrantectomia com reconstrução. A preparação começou, com consultas, exames, perucas, raspar o cabelo e parar de planejar enquanto me preparava para fazer uma grande viagem. Nesses momentos você aprende a viver por um dia de cada vez. Agora avancemos para hoje. Eu acabei meu tratamento, mas tenho mais 10 anos de Tamoxifeno e o mais importante é que eu saí dessa escuridão livre de câncer. É claro que eu na época do tratamento mudei e não fui o mínimo da pessoa que eu era, porque o câncer não dá a mínima para quem você é, é preciso tudo. Ele quer tudo para te deixar livre dele. Dá para entender ? Você tem que se dar bem com o seu câncer e aceita-lo, inclusive aceitar as mudanças que ele faz em sua vida e em sua própria estrutura pessoal, para vence-lo. Para minha família amada, eu nunca poderia recompensá-la pelo que todos vocês fizeram e fazem por mim. Sua benevolência em doar amor significa o mundo para mim. Eu vi uma vitória para Fabíola La Torre e uma derrota para o câncer. E com isso eu quase voltei ao meu antigo eu…eu disse quase.
Porque após um diagnóstico de câncer, nada mais será como antes, inclusive você.