ENTRAR EM FORMA DANÇANDO

Ninguém gosta de ter quilinhos a mais, não é mesmo? Mas também tem muita gente que não gosta de fazer exercícios físicos, então como conseguir manter a forma?
Nós damos a dica: dançar!
Entrar em forma dançando é simples e divertido. Nas escolas de dança de salão, que já são milhares espalhadas pelo país, o aluno escolhe as modalidades que vai aprender e a que mais tem a ver com seu estilo.
A dança além de ajudar na boa forma, torneia os músculos e faz bem pra alma. Até mesmo quem tem restrições a alguns exercícios físicos pode praticar.
A seguir listamos os ritmos mais procurados:

Samba de gafieira
Ritmo que trabalha pernas e abdômen, e precisa de um pouco de gingado.

Rock
Ou “soltinho” é um ritmo rápido e requer passos bem marcados. Trabalha braços, pernas e condicionamento físico.

Bolero
Por ser um ritmo lento, o bolero é considerado um dos ritmos mais fáceis de aprender. O exercício é de baixo impacto e trabalha as pernas e postura.

Tango
Um dos ritmos mais difíceis de ser aprendido é também um dos mais bonitos. Trabalha muito as pernas e a coordenação motora. É difícil para o brasileiro pois os quadris devem ficar imóveis.

Salsa
Ritmo fácil, que trabalha pernas, braços e abdômen além de um trabalho aeróbico intenso.

Forró
O queridinho dos brasileiros. O forró é completo, pois trabalha gingado, pernas, braços e condicionamento físico.

Samba Rock
Muito dançado nos anos 70, o Samba Rock necessita de coordenação motora para trabalhar simultaneamente braços e pernas.

E ai, qual o ritmo que mais mexe com você?